Vale a pena sair do emprego para ser Uber?

Motorista acenando de dentro do carro

Quem é que trabalha de carteira assinada e nunca se perguntou se valeria a pena largar a CLT e começar uma nova etapa como motorista de aplicativo? Essa é uma pergunta muito comum, porém poucas pessoas se aprofundam no assunto. Então, para sanar algumas dúvidas preparamos essa matéria recheada de informações.

Primeiramente, é importante ter em mente que a Uber não assina a carteira de trabalho dos seus motoristas. Logo, eles não possuem direito a férias, décimo terceiro e auxílio doença. Se esses fatores são importantes e indispensáveis para você, então definitivamente a Uber não é mais vantajosa do que o seu trabalho atual.

A lista de contras pode crescer ainda mais, porém precisamos ressaltar que os fatores podem ser muito relativos, pois o que aparentemente é ruim para alguns pode não ser tão ruim para outros. De qualquer forma, mencionaremos logo abaixo uma lista de prós e contras em sair de um emprego para entrar na Uber.

Prós

Veja porque sair do seu emprego atual para se tornar um motorista Uber pode ser uma opção vantajosa:

  • Você será o seu próprio chefe
  • Você fará o seu próprio horário
  • Você que escolhe quando será suas férias
  • Você terá mais tempo para resolver compromissos
  • Você conhecerá novos lugares e pessoas, assim ganhará clientes fixos
  • Você pode receber seu dinheiro todos os dias ou de 7 em 7 dias
  • Você pode trabalhar de carro próprio, alugado ou emprestado

Contras

Veja porque sair do seu emprego atual para se tornar um motorista Uber pode ser uma opção não vantajosa:

  • Se você não trabalhar, você não vai receber
  • Se você não tiver regras com os horários, não vai ganhar bem
  • Se você não levar o trabalho a sério, nunca conseguirá tirar férias decentes
  • Você terá que traçar metas e objetivos para conseguir pagar a parcela do carro, o IPVA, seguro, manutenções preventivas e periódicas
  • Você não terá benefícios como seguro-desemprego, auxílio doença, décimo terceiro, entre outros
  • Você sempre estará correndo riscos de assaltos, batidas entre veículos e diversos outros tipos de incidente em razão da sua exposição prolongada nas ruas
  • Você estará sujeito a pegar passageiros mal-humorados e mal-educados que poderão desanimar o seu dia

Quando vale a pena trocar o emprego pela Uber?

Só você pode ter certeza sobre ser vantajoso ou não trocar um emprego formal pelas corridas de aplicativo. Mas, se ainda existem incertezas, veja se as orientações abaixo lhe servirão:

Os gastos para trabalhar como motorista de aplicativo são altos, principalmente com combustível. Em média, você gastará R$ 1000 a R$ 1500 de gasolina/etanol. Além disso, precisará contratar um seguro contra roubo e furto. Fora isso, será necessário fazer revisões no veículo a cada 3 meses para troca de óleo e filtros.

Somados os valores, os custos serão de aproximadamente R$ R$ 1000 a R$ 2000 a penas com o básico. Se você não tiver um carro, esse valor pode aumentar ainda mais, pois você precisará alugar um. Como consequência desses custos elevados, você precisará trabalhar ainda mais.

Por fim, se você começar a trabalhar como motorista de aplicativo para receber o mesmo salário líquido que já recebe na sua empresa atualmente, mas com a desvantagem de estar gastando a mesma quantia ou até mais com gasolina, parcela do carro e outras despesas, então definitivamente não vale a pena trocar o seu emprego pela Uber.

Além disso, é importantíssimo ressaltar que por mais que você se torne um dos melhores motoristas da sua cidade, você ainda estará correndo sérios riscos de ser banido da plataforma a qualquer momento, principalmente se os seus passageiros fizerem relatos mentirosos a cerca de você. Por essa razão, você poderia passar pela difícil situação de ser banido e não ter condições para pagar suas dívidas. Mas é possível recorrer.

Leave a Reply