Uber X, Comfort ou Black: qual dá mais dinheiro ao motorista?

Pessoa selecionando categoria do Uber no aplicativo

Estamos constantemente buscando novas formas de ganhar mais dinheiro, afinal, sempre queremos evoluir e levar o melhor estilo de vida possível. Isso não seria diferente na Uber, na verdade, é até um pouco melhor, pois ela é uma das poucas empresas que te fala: escolhe em qual cargo você quer começar a trabalhar e seja feliz.

Entre os principais cargos (leia-se categorias), você pode escolher o X, Comfort ou Black. Além desses, existe também o UberBAG e BLACK BAG, que são menos relevantes. Agora complicou, não? Com tantas opções, é inevitável não perguntar: qual dá mais dinheiro ao motorista?

Você não é o primeiro nem o último a fazer essa pergunta, todos querem saber em qual categoria da Uber se ganha mais dinheiro. Pensando nisso, eu fiz essa matéria justamente para apresentar as diferenças entre elas e descobrir qual, de fato, trás a maior rentabilidade ao motorista.

Antes de prosseguir, eu quero destacar três informações:

  1. Não estou levando em consideração a porcentagem da Uber
  2. Nas imagens abaixo considere os valores riscados como corretos
  3. As simulações foram feitas na cidade de São Paulo

Em primeiro lugar destacarei os preços das viagens em cada uma das três categorias e, em seguida, farei minhas considerações. Veja:

Uber X

Essa é a categoria de entrada da Uber, desenvolvida com a principal finalidade de tornar o serviço acessível para todas as classes. Por essa razão, concentra a maior demanda de viagens e é muito mais barata.

Por exemplo, uma viagem entre os shoppings Morumbi e JK Iguatemi – aproximadamente 4,4 km e 10 minutos de distância – está custando R$ 11,23:

Viagem de 11,23 no Uber X

Desse total de R$ 11,23 a Uber ainda retira uma porcentagem variável de 1% a 40%, porém não entraremos nesse detalhe justamente pelo fato de ser algo muito variável e imprevisível.

Uber Comfort

Essa é a categoria intermediária da Uber, lançada para oferecer um requinte a mais para os passageiros que não querem a simplicidade do X, mas que não podem se dar ao luxo de usar o Black. Ela é recente e veio para substituir o antigo Select, conforme escrevemos aqui.

A mesma viagem entre os shoppings Morumbi e JK Iguatemi está custando cerca de R$ 15,55, um aumento de R$ 4,32 em relação ao X (equivalente a 38.46%):

Viagem de R$ 15,55 no Uber Comfort

Novamente, desses R$ 15,55 a Uber retira uma porcentagem de 1% a 40%.

Uber Black

Essa é a categoria de luxo da Uber, a primeira a chegar no Brasil e no mundo. Somente carros mais modernos e recentes são aceitos, assim como devem obrigatoriamente serem pretos com bancos de couro.

Ainda se aproveitando da mesma viagem entre os shoppings Morumbi e JK Iguatemi, aqui no Black esse trajeto custaria R$ 19,10, aumento de R$ 3,55 (22.82%) em relação ao Comfort e R$ 7,87 (70%) em relação ao X:

Viagem de R$ 19,10 no Uber Black

Assim como nas outras categorias, também não estou levando em consideração a porcentagem da Uber.

Considerações até aqui

O Uber X ficou cerca de 70% mais barato em relação ao Black e 38.46% em relação ao Comfort na comparação do trajeto entre os shoppings Morumbi e JK Iguatemi. Notavelmente, seria necessário trabalhar quase o dobro – ou fazer uma viagem de ida e volta para o mesmo local – se a intenção fosse faturar o mesmo que o Black.

Já o Uber Comfort ficou exatamente no meio termo, diminuindo o esforço necessário para alcançar o Black e reduzindo a necessidade de rodar tanto quanto um X.

O Uber Black, como era de se esperar, ganhou disparado entre as outras duas categorias, embora a diferença em relação ao Comfort tenha sido de tímidos 22.82%.

Dadas essas informações, de cara já temos um vencedor: o Uber Black. De fato os motoristas dessa categoria ganham mais, como mostrei nas simulações. Mas, será que isso é o suficiente para aceitarmos esse resultado como um veredito final? Não mesmo, ainda precisamos levar em conta os custos que os motoristas tem por fazerem parte dessas categorias.

Custos do Uber X, Comfort e Black

Os custos que cada motorista tem para trabalhar no Uber X, Comfort e Black são extremamente variados, o que torna praticamente impossível fazer uma pesquisa individual levando em conta todos os cenários possíveis. Por essa razão, eu decidi levar consideração os seguintes veículos como base para nosso resultado:

  • Renault Kwidi 1.0 SCe 2020 para Uber X
  • Nissan Versa 1.0 Conforto 2020 para Uber Comfort
  • Toyota Corolla GLi 2.0 Flex 2020

Os três modelos acima são as versões mais básicas de suas respectivas marcas para o ano de 2020 e, portanto, também são 0 km, sendo este um cenário bem específico, pois nem todos motoristas compram um carro do ano – especialmente 0 km – para rodar na Uber, no entanto é a melhor forma de obtermos uma resposta.

Renault Kwid 1.0 SCe (Uber X)

Renault Kwid vermelho

São muitos os motivos que tornam o Kwid perfeito para a categoria X, mas os principais são o excelente preço, consumo de combustível e revisões. Além disso, o visual dele não é nada mau quando comparado com seus concorrentes.

A versão 1.0 SCe 2020 está custando R$ 34.790, o que o torna praticamente o carro mais barato disponível no Brasil atualmente.

Eis aqui os dados sobre o consumo de combustível e revisões:

Motor 1.0 SCe – Cidade

  • Média de consumo de 10,3 km/l com etanol
  • Média de consumo de 14,9 km/l com gasolina

Motor 1.0 SCe – Estrada

  • Média de consumo de 10,8 km/l com etanol
  • Média de consumo de 15,6 km/l com gasolina

Revisões

  • 20.000 km: R$ 358,64
  • 40.000 km: R$ 608,39
  • Total: R$ 967,03

Nissan Versa 1.0 Conforto (Uber Comfort)

Nissan Versa prata

O Nissan Versa sempre foi a maior referência de qualidade para as categorias X e a antiga Select, tanto pelo excelente consumo de combustível quanto, principalmente, pelo fabuloso espaço interno. Por essa razão, optei por considerar ele nessa comparação.

A versão 1.0 conforto 2020 está custando R$ 52.990, sendo uma opção bastante vantajosa entre os seus concorrentes.

Eis aqui os dados sobre o consumo de combustível e revisões:

Motor 1.0 – Cidade

  • Média de consumo de 8,8 km/l com etanol
  • Média de consumo de 12,9 km/l com gasolina

Motor 1.0 – Estrada

  • Média de consumo de 10,5 km/l com etanol
  • Média de consumo de 15,3 km/l com gasolina

Revisões

  • 20.000 km: R$ 499
  • 40.000 km: R$ 599
  • Total: R$ 1.098

Toyota Corolla GLi 2.0 Flex (Uber Black)

Novo Toyota Corolla 2020

O Toyota Corolla sempre foi a maior referência no quesito confiabilidade mecânica. E não é por menos. Hoje, ele é o carro mais vendido do mundo. Entre os motoristas do Uber Black é praticamente uma unanimidade que este modelo seja a melhor escolha para a categoria.

A versão 2.0 GLi está custando R$ 99.990 e, apesar de parecer cara, está em uma excelente faixa de preço se comparado com os seus principais concorrentes.

Eis aqui os dados sobre o consumo de combustível e revisões:

Motor 2.0 – Cidade

  • Média de consumo de 8 km/l com etanol
  • Média de consumo de 11,6 km/l com gasolina

Motor 2.0 – Estrada

  • Média de consumo de 9,7 km/l com etanol
  • Média de consumo de 13,9 km/l com gasolina

Revisões

  • 20.000 km: R$ 651
  • 40.000 km: R$ 1.007
  • Total: R$ 1.658

Qual categoria é mais rentável?

Agora que temos todas as informações necessárias para chegarmos a uma conclusão sobre qual categoria vai favorecer os melhores ganhos aos motoristas, a última coisa que precisamos fazer é estabelecer uma nova simulação de viagem – dessa vez para uma distância maior – e calcular em cima disso os custos de cada carro.

A simulação é referente a uma viagem partindo do centro de São Paulo com destino ao centro de Campinas, um trajeto de aproximadamente 93 km e 1 hora e 20 minutos de distância:

Considerando como correto os valores riscados na imagem acima, essa viagem custaria R$ 226,48 no Comfort, R$ 198,28 no X e R$ 294,12 no Black.

Se, hipoteticamente falando, os três carros estivessem com tanque de combustível cheio de gasolina – abastecido a R$ 3,50 o litro – e, em seguida, fizessem essa mesma viagem, esses seriam os custos (considerando todo o trajeto como estrada):

Renault Kwid 1.0 SCe

  • Quilômetros percorridos: 93
  • Litros de gasolina consumidos: 5,96
  • Custo com combustível: R$ 20,87

Nissan Versa 1.0 Conforto

  • Quilômetros percorridos: 93
  • Litros de gasolina consumidos: 6,08
  • Custo com combustível: R$ 21,27

Toyota Corolla 2.0 GLi

  • Quilômetros percorridos: 93
  • Litros de gasolina consumidos: 6,69
  • Custo com combustível: R$ 23,40

Inacreditavelmente a diferença é muito pequena entre eles, e isso se deve ao fato do consumo por quilômetro na estrada ser muito próximo um do outro, o que mostra que as montadoras – mesmo dos veículos mais potentes como o Corolla – estão se preocupando em melhorar a autonomia de seus veículos.

Por fim, para finalizar essa questão e obtermos uma resposta, eu fiz um cálculo grosseiro no Excel levando em consideração um cenário onde os motoristas fizessem a viagem entre São Paulo e Campinas cerca de 216 vezes (108 de ida e 108 de volta) apenas com o objetivo de atingirmos 20 mil quilômetros rodados e incluir a revisão dessa quilometragem nos cálculos.

Também inclui nessa conta os gastos de gasolina por KM e o preço pago na compra de cada um dos carros. Para fechar a conta, eu subtraí dos “Ganhos totais” o custo da gasolina por km, a revisão de 20 mil km e o preço do carro, ficando assim:

Tabela de Ganhos e Despesas de Uber X, Comfort e Black

Conclusão

Apesar dos motoristas do Uber Black e Comfort receberem mais dinheiro por quilômetro rodado, quem, de fato, fatura mais é o motorista do Uber X, pois este tem menos despesas com combustíveis e revisões.

Além disso, os motoristas da categoria X que optam por trabalhar usando um carro mais simples – como o Renault Kwid -, também diminuem seus gastos com seguro e IPVA.

Por fim, se você reparar na planilha acima, ao final das 216 viagens entre idas e vindas de São Paulo para Campinas e vice-versa, o motorista do Uber X conseguiu pagar o carro e ainda lhe sobrou mais R$ 3.195, enquanto para os motoristas do Comfort e Black faltavam R$ 9.142 e R$ 42.143,82 para quitarem seus carros, respectivamente.

Obviamente, eu não levei questões de financiamentos em consideração para realizar os cálculos, pois é algo bastante específico e particular e que varia imensamente entre as condições financeiras e um e outro motorista.

One Response

  1. Gefersom 13/05/2020

Deixe o seu comentário

Share via
Copy link
Powered by Social Snap