7 erros que todo motorista de aplicativo iniciante comete

Motorista chateada

Todo começo em uma nova profissão requer adaptações e aprendizado constante. Isso não é diferente para os motoristas de aplicativos, especialmente quando são iniciantes. Existem muitos erros que precisam ser evitados, mas que em grande parte dos casos são cometidos acidentalmente por falta de instruções.

Tais erros podem implicar em diferentes tipos de efeitos colaterais, como prejuízos financeiros, cansaço físico e mental e estresse desnecessário. Eu, por experiência própria, posso dizer que tudo teria sido muito mais fácil quando comecei se alguém tivesse me dado algumas dicas, mas como não foi assim, acabei aprendendo com os meus erros.

Se você não quiser passar pelas mesmas situações, sugiro que leia cada um dos tópicos abaixo, pois eles realmente são valiosos para os iniciantes.

Antes, vale destacar que os erros aqui listados não implicam em qualquer tipo de punição por parte dos aplicativos. Se quiser saber quais são os verdadeiros motivos que levam ao bloqueio e suspensão da sua conta de motorista, acesse: 50 motivos para sua conta ser bloqueada.

Dirigir cansado

A importância de aprender algumas estratégias – nem que sejam as mais básicas – é um dos fundamentos para você conseguir dirigir menos e ganhar mais. Consequentemente, quanto menor for o tempo que você ficar nas ruas, menor será o seu cansaço.

Vai por mim: depois de 12 horas atrás do volante tudo o que você mais desejará será a sua cama. Se insistir em trabalhar mais do que isso você ficará menos eficiente, suas reações ficarão mais lentas e os riscos de pegar no sono enquanto dirige serão muito maiores.

Tem como piorar? Talvez sim. Os passageiros estão em uma posição privilegiada para nos observar ali do banco de trás, o que pode ser um risco se realmente estivermos cansados, pois eles conseguem perceber pequenos gestos que demonstram um certo cansaço físico.

Infelizmente, uma parte deles nos avaliam negativamente por absolutamente nada, quem dirá se perceberem algumas ‘pescadas’ ao volante. Portanto, evite trabalhar no seu limite para sua segurança e do seu passageiro.

Aceitar tudo sem questionar

Você é um motorista, não um escravo, lembre-se sempre disso. Seguindo essa linha você evitará problemas que momentaneamente parecem ser pequenos, mas quando se acumulam podem deixar você cheio de raiva e diminuir a sua capacidade de pensar estrategicamente.

Por exemplo, você deixaria algumas das situações abaixo acontecer?

  • Um passageiro entrar com mais três pessoas no carro
  • Um passageiro entrar comendo
  • Um passageiro entrar com bebida alcoólica na mão
  • Um passageiro entrar muito embriagado
  • Um ou mais passageiros entrar com bagagens além da conta
  • Um passageiro entrar fumando

Vez ou outra você pode abrir uma exceção, mas não hesite em impedir que o passageiro entre em seu carro se você souber que aquela situação pode acabar te incomodando bastante. A propósito, essas situações não são muito comuns, então se você cancelar a viagem não fará praticamente nenhuma diferença na sua taxa de cancelamentos.

Não ser comprometido

Se num dia você sair para trabalhar às 08:00, no outro às 10:00 e depois às 13:00, quais são as suas chances de conseguir manter um ritmo estável de faturamento? Nem preciso dizer. Sem o devido comprometimento e organização – especialmente nessa profissão – você dificilmente conseguirá ganhar tanto quanto poderia.

O seu comprometimento em trabalhar como motorista de aplicativo deve andar lado a lado com as suas metas, conforme eu comento no tópico 5. Se não conseguir fazer algo tão simples assim, é muito provável que seus ganhos se transformem em prejuízos.

Se não quiser passar por isso, faça um cronograma da sua semana e determine os horários exatos em que você sairá para trabalhar, almoçar e retornar para sua casa.

Gastar com restaurantes caros

Existem duas regras importantes para ganhar mais dinheiro na Uber, 99 e Cabify: trabalhar mais – respeitando o período de 12 horas – e gastar menos. Começando pela sua alimentação diária, evite o máximo que puder almoçar ou em restaurantes acima de R$ 20.

Então, a não ser que todos os dias você consiga encontrar restaurantes custando entre R$ 15 e R$ 20, não caia na tentação de fazer suas refeições em redes de fast foods, barzinhos ou quaisquer outros lugares onde a probabilidade da conta ficar acima R$ 25 sejam altas.

Como alternativa você pode levar uma marmita de casa ou frutas para manter-se alimentado até o momento de pausar suas viagens e voltar para casa. Fazendo isso você poupará um bom dinheiro ao final do mês.

Trabalhar sem metas

Estabeleça suas metas e comprometa-se em cumpri-las, isso o ajudará a ter forças para trabalhar mesmo nos dias em que você estiver se sentindo bastante desanimado.

Eu, por exemplo, colocava na minha cabeça: Lucas, hoje você só volta para casa depois de fazer R$ 250. Não tinha nada melhor do que ver esse valor no aplicativo no final do dia e voltar para casa convicto de que todo o trabalho e esforço tinham valido a pena.

Quais são suas metas para hoje? Reflita sobre elas, anote-as em algum lugar e se comprometa em realizá-las. Isso é fundamental para você não trabalhar perdido quanto aos seus objetivos.

Dica para criar suas metas

Primeiramente, não trabalhe com metas que você não pode cumprir, porque o sentimento de frustração por não alcançá-las pode deixar você bastante desmotivado. Ao invés disso, use como base todos os seus gastos essenciais para criá-las.

Por exemplo:

  • R$ 30 a 50 por dia de combustível
  • R$ 30 a 50 por dia do aluguel ou financiamento do carro
  • R$ 30 a 50 por dia do aluguel ou financiamento da casa
  • R$ 150 por mês para manutenções inesperadas do carro
  • R$ 400 por mês de alimentos para casa

No caso acima, o gasto mínimo mensal será de R$ 3.250, então considerando um motorista que trabalha somente 20 dias no mês, sua meta deverá ser ganhar no mínimo R$ 162,50 por dia para pagar essas despesas. O que ele ganhar acima disso será lucro, porém uma parte posteriormente deverá se destinada ao seguro e IPVA do carro.

Por outro lado, se levarmos em consideração um motorista que irá trabalhar 30 dias no mês, a meta dele deverá ser ganhar no mínimo R$ 108,33 por dia para conseguir pagar as despesas. O que vier acima desse valor já pode ser considerado um lucro.

Deixar o tanque vazio

Você não é obrigado a andar com o tanque do seu carro cheio o tempo todo, mas deve se esforçar o máximo possível para nunca deixá-lo vazio ao ponto de ter que abastecê-lo com um passageiro dentro do carro. Isso deveria ser considerado um crime.

Brincadeiras à parte, tenha sempre o cuidado de estar verificando o nível do seu tanque de combustível, pois são pouquíssimos os passageiros que irão tolerar esperar dentro do carro – mesmo que por 3 minutos – enquanto você abastece, quando poderia muito bem ter feito isso antes de aceitar a solicitação.

As vezes, por uma questão de educação, o passageiro pode até dizer que não há nenhum problema em você parar e abastecer o carro junto com ele, porém em 90% dos casos eles farão uma péssima avaliação ao final da viagem.

Beber muita água

Todo ser humano precisa beber no mínimo 2 litros de água por dia, certo? Mas será que combinar esse consumo com o trabalho nos aplicativos de transporte é uma boa ideia? O resultado é que você precisará fazer pausas constantes para ir ao banheiro, o que nem sempre será possível.

Muitos bares e restaurantes exigem que você consuma algum produto para poder utilizar o banheiro, ou simplesmente cobram um valor de R$ 2 – acredite, tem lugares que fazem isso. Logo, do ponto de vista financeiro, você terá que reservar uma fatia dos seus ganhos só para essa finalidade.

A solução para o meu caso

Para evitar esse problema eu costumava beber o mínimo de água possível até horário de encerrar meu dia de trabalho e voltar para casa. Assim, eu acabava por usar o banheiro no máximo uma ou duas vezes, o que era bastante tranquilo para a cidade de São Paulo, já que muitos postos de combustíveis tinham banheiros.

O que você pode fazer

Se você tem o costume de beber muita água ao longo do dia e não quer parar, procure mapear postos de combustíveis e lojas de conveniência espalhadas pela sua cidade que não cobram nada pelo uso dos banheiros. Assim, sempre que a vontade surgir você estará próximo a um desses locais.

Além disso, alguns motoristas optam por vias mais radicais, como usar garrafinhas pet ou outros recipientes.

30 comentários em “7 erros que todo motorista de aplicativo iniciante comete”

  1. E quem disse que motorista de aplicativo é profissão?
    É bico, isto sim.
    E muito mal remunerado por sinal.
    Já fiz isso, e não recomendo pra ninguém.
    Acaba com seu patrimônio (seu carro) e com sua saúde.
    E dinheiro que é bom, nada.

    Responder
    • Amigo,
      Já trabalhei com Uber,.99 e outros.
      Quando comentei que era “bico”, referi-me ao termo em sua total expressão da palavra.
      Como todo bico, os rendimentos são pífios. Só que neste bico em especial há, como disse, duas agravantes:
      a) A deteriorizacão do patrimônio;
      b) Ser prejudicial a minha saúde.
      Felizmente, sou aposentado. E bem aposentado.
      Não pretendo ter minha saúde comprometida a troco de migalhas.
      Mas, valeu sua dica.
      Só acho que tornando-se um ‘biqueiro oficializado” através de MEI, vai sobrar menos dinheiro na conta.

    • Fabrício bom dia vc está corretíssimo na sua avaliação e sem contar as corridas que vc pega que é só buraqueira e defina o seu carro um abraço

    • Já trabalho como motorista de app a 2 anos e te garanto que com a maioria dessas dicas do site vc se dá bem.

  2. Boa noite,já trabalhei Como taxista quando tinha 21 anos,Hj tenho 53 e um serviço muito cruel para o ser humano,você não tem ferias,13 salário,tickt refeiçao ,v transp, você é simplesmente jogado aos leões , ruas perigosas,vários riscos , batidas,multas,manutenção do veículo,estou com senhor que disse que não é profissao, só quem lucra são os aplicativos,o País enfrenta desemprego ,p esse motivo tem muita gente se arriscando, mas Conselho meu para vocês ,e para deixar os seus familiares em paz,assim que der arumar outro trabalho.
    ,

    Responder
    • Sr José o Sr está corretíssimo no seu parecer estamos trabalhando apenas para enriquecer o aplicativo e nós que bom nada é só prejuízo

  3. Essa informação de que não deram instrução de como trabalhar não procede,acho que não assistiu as palestras que a Uber fornece,a própria plataforma tem um vídeo sobre como iniciar, e no YouTube tem vários canais que ensinam as dicas.

    Responder
    • Vc fala e nãnãdeixar o passageiro entrar no carro com mais 03 pessoas?
      Mais isso é normal pra um carro de aplicativo.
      Usuarios de aplicativos a maioria são pobre de raiz.
      Reclamam de tudo e se o motorista não ficar babando no saco desses pobre de raiz você acaba sendo mal avaliado, mesmo vc dirigindo com toda segurança.
      Aplicativos é serviço escravo alem de vc ganhar umas miganhas nas viagens você acaba destruindo teu carro em ruas ruim.
      Desvalorização do seu veiculo porque a kilometragem vai la pra cima, gasto com pneus, seguro carísimo do carro, troca de amortecedores, mola, Kit embreagem, troca de óleo cada um mês e meio.
      Isso não comentei dos acidentes causados pelos bebados na mafruga.
      De 10 motoristas que dirige por uns 02 anos 08 sofreram acidente.
      Fora o risco de assalto e de ser morto.
      Gente sou teimoso e depois de três anos dirigindo pra esse bando de pobre de raiz eu estou parando.
      Não vale a pena.
      Boa sorte para os que teimam em ficar.

  4. Cara ficar sem beber água é um absurdo ………….. Essa informação foi péssima.
    Vou te dá só 1 estrela por isso.

    Responder
  5. Já fui motorista de aplicativo,sincero foi pior erro da vida,ninguém forçou a entrar mas como maioria desemprego nós leva a esse poço sem fim,os aplicativos são verdadeiros suga sangue,não dão valor algum ganham dinheiro a perder de vista enquanto nós só ganhamos mal dinheiro da para pagar combustível,gente se for falar prejuízo que tive em 3 anos não para de falar mais,conselho cai fora quanto antes melhor ,classe mais desprezível pra foi uma decepção me sinto repúdio de mesmo e no final tinha vergonha de falar que era motorista de aplicativos,hoje ganho menos mas tenho trabalho digno e não preciso ser humilhado por certas pessoa que nem carro tem pra andar e quer mandar no seu ligar se ar condicionado a empresa pagando 1,05 centavos por km Vergonha, Vergonha!!!

    Responder
  6. Trabalhei em aplicativo por oito meses, e não aconselho ninguém a trabalhar ,pois o ganho está muito baixo ,pois muitos fizeram disso uma profissão e a quantidade de motorista é muito grande ,e dependendo do dia para se ganhar razoável você estará acabando com o carro ,sua saúde e não fazendo questão da sua segurança .
    Mais sei também que muitos não tem escolha , só posso dar um conselho, faça desse trabalho um jeito de fazer contato e arrumar um emprego formal , pois muitas vezes pegamos passageiros que são donos de empresas .
    Um abraço a todos .

    Responder
  7. Ser motorista de aplicativo, nao é tarefa fácil na vida. Além de ser muito cansativo, dependendo do transito da sua cidade, é muito perigoso ser assaltado. Outra ponto negativo, tambem são as notas que os passageiros te dão,, sendo muitas vezes injustas, e a plataforma já vai logo abaixando sua nota, te deixando de alguma forma descontente no final de cada avaliação. Agora a respeito dos ganhos, sabendo seguir metas vc faz um salario medio por mês, que dá para sobreviver, mas fique ciente que o motorista tem que rodar no minimo 10 horas por dia, e 6(seis) vezes por semana, se nao for essa média, nao compensa ser motorista de aplicativo.

    Responder
    • É preferível entregar folhetos nos semáforos.
      Dá mais dinheiro e vc não queima seu patrimônio nem sua saúde, além de trabalhar bem menos.

  8. É um serviço ruim,mais ninguem é obrigado a nada,sabendo sair nas horas certas consegue se fazer um dinheiro EXTRA,longe de ser um emprego e todo mundo sabe disso…

    Responder
  9. Ola,
    Antes de mais nada gostaria de parabenizar e agradecer vc pelo artigo simples, direto e bastante útil.
    Poderia me passar seu contato de email ou WhatsApp através do email que cadastrei na página?!
    Moro no exterior mas quero comprar dois carros para ajudar meu irmao e a esposa que estão desempregados e gostaria de pedir sugestões e esclarecer algumas dúvidas diretamente com vc… obrigado.

    Responder
  10. Boa noite Lucas! Primeiro parabéns por ter a postura profissional de criar um conteúdo baseado na experiência do dia a dia. Segundo por ter inteligência e disernimento porque suportar críticas como a que li aqui, só assim.
    Bem mantenha o site atualizado para quem precisa poder usá-lo.
    Meu avô foi taxista até a morte, só fez isso da vida e foi feliz, não foi rico, não deixou patrimônio mas foi feliz. Eu gosto muito do que faço, atendo com excelência meus cliente, me dedico e chego satisfeito em casa. Sobre remuneração eu também não era bem remunerado na CLT eu acho que avaliar se vale a pena ou não é uma questão individual de cada um.
    Aos que não acham bom ou que não vale a pena eu só tenho a agradecer porque menos carros a rua para dividir passageiro.
    Bico e tudo aquilo que não se faz de forma profissional e só assistirem um vídeo do Rick Chester que vendia água na praia de Copacabana aqui no Rio e morava na comunidade da Mangueira que talvez entendam o que quero dizer.
    Sucesso a todos

    Responder
  11. Rapaz, ainda bem que li os comentários até o final, senão teria desistido de começar nos App, só no final teve comentários positivos, acho que ninguém é obrigado a ficar num trabalho ou bico, como chamariam aí, se não está bom.

    Responder
    • Você está certo, Ademir.

      Há muitos que não sabem trabalhar e por isso lucram mal. Insatisfeitos, acabam tentando desanimar outros que querem iniciar na profissão.

    • Bem isso. O que eu percebi aqui, é simples tem muitos motoristas que entram nessa área sem opção. E tipo “é o qie temos p hoje”
      Bom vou ser sincero, estou entrando na área pelo simples fato de eu amar dirigir. Sempre gostei de dirigir. Tá certo não é lá essas coisas toda. Porém se vc entra num ramo que vc não gosta só lamento, te aconselho a achar a sua área e ser feliz com o que vcs gosta de fazer. Simples.

  12. Bom dia a todos não vi ninguém aqui nesses comentários falando do perigo constante que corre mororista de app… taxistas mototaxistas e etc … será que vale apena … vc colocar seu automóvel a disposição do seu empregador… sua vida em risco … por um salário desses que ganham?

    Responder
    • De fato, é um perigo constante, mas há formas de diminuir os riscos.

      Eu, por exemplo, fiz 3.509 viagens e nunca fui assaltado. Sempre tomei o cuidado de trabalhar em regiões com menores índices de criminalidade, além de tomar todos os outros cuidados devido, como eu explico nessa matéria aqui.

    • Pergunta errada,

      A questão não é se Vale a pena, isso vai de cada um, Pois acredite dirigir e um dom pra quem tem paciência. P quem gosta, tem os q por na cabeça carro e um bem material sempre vai dar problema, sempre vai ter uma coisa aqui outra ali p arrumar. Isso é fato. Pelo que eu sei não inventaram carro q não dar problema. Porém é aquela coisa, depende muito de cada pessoa ser paciente, ser cuidadoso. E ninguém obriga ninguém a trabalhar com App. Trabalha quem quer é quem precisa. Aí vai de cada um saber o que fazer com os lucros. Não vejo graça nenhuma vc trabalhar o mês inteiro ganhando um salário mínimo em uma área que não é sua. Aconselho todos a fazer o que gostam. Porém e aquele ditado “o ser humano e tão ingrato, nunca se contenta com nada”

    • Boa tarde, consegui ler os comentários até Aqui, mas assim mesmo depois que passar essa pandemia, quero colocar na minha CNH o “EAR” E alugar um carro por uns 2 meses Só para fazer o teste depois se Deus me permitir quero financiar um Carro e trabalhar como motorista de App, e fazer disso minha renda!

  13. Desanimei total lendo Os comentários! Mas não tenho pra onde correr, infelizmente fiquei desempregado e com essa pandemia, minha área não tá tendo nada! Preciso arrumar algum dinheiro pra sobreviver e o único jeito é esse aplicativo. Eu tava olhando os valores das corridas, o 99taxi tá de sacanagem, simulei pra ver aqui uns destinos, fiquei de cara, tipo 6 reais a corrida, 3 reais uma corrida! Não paga nem o combustível, tá de sacanagem mesmo! Cambada de FDP! Enfim, vou começar semana q vem, porém pretendo parar o qto antes

    Responder
    • Diego, cada pessoa tem uma experiência diferente. Faça um teste!

      De fato, há corridas com valores baixos, mas os motoristas olham para o montante ao final do dia e não para o valor de uma corrida isolada.

      Eu sempre tive uma média acima de R$ 250 por dia – mesmo recebendo algumas corridas com valores pequenos -, porque sempre existem cliente viajando para longe.

  14. Sou .motorista de aplicativo
    Tenho minhas metas diárias de 250 reais e as bato tranquilo em media de 8 a 10h por dia,onde tenho disponibilidade de ir em minja casa 2x ao dia almoço e café da tarde .

    No mês eu tiro limpo 2800 essa média

    Ai vejo muitos reclamando e tals.. quem ganha 2800 reais no mês?? Se não tiver um bom curriculo ou experiência em algo para ganhar essa valor

    Ai tem neguinho que acorda as 10h ai roda das 12h até as 16h achando que vai ganhar rios de dinheiro esta muito enganado viu !

    Se for pra trabalhar 4hs por dia é melhor nem sair de casa

    Uber da dinheiro sim.
    Mais se preferir trabalhar 8h por dia para os outros por 35 reais vai em frente no mês você tera seu salário de 980 reais.

    Responder

Deixe um comentário