Novo Preço Dinâmico

Recentemente, a Uber anunciou um prejuízo de 5,2 bilhões de dólares – o maior desde que começou a divulgar os seus balanços financeiros. Apesar disso e do que os mais leigos pensam, esses números não representam nenhum risco, a não ser o mais óbvio: os investimentos em infraestrutura e novas tecnologias continuam a todo o vapor. E, como resultado, estão acontecendo muitas mudanças nos aplicativos, incluindo o sistema de preços dinâmicos, recurso este que, teoricamente, equilibra a oferta e demanda.

Antes, os passageiros pagavam preços progressivamente maiores conforme a demanda aumentasse em uma determinada região e horário. Mas, ao que tudo indica este antigo método deixará de ser usado nos próximos meses para dar lugar ao que a Uber vem chamando – através de mensagens e emails enviados aos motoristas – de Novo Preço Dinâmico, veja:

Ganhar mais é ótimo. Mas que tal ganhar mais com mais tranquilidade? Por isso, depois de ouvir diversos motoristas parceiros, estamos testando uma melhoria para você: o novo preço dinâmico. O teste vai estar disponível no seu aplicativo a partir de amanhã. Siga em frente e veja como aproveitar cada vantagem.

Como era o Preço Dinâmico antigamente?

Para você entender melhor como funcionará o novo sistema de preço dinâmico, nada melhor do que relembrar como era o antigo modelo e fazer uma comparação adequada, não é mesmo?

Anteriormente, o funcionamento era mais simples, porém – e muito provavelmente – não estava rendendo tanto quanto a Uber queria, pela seguinte razão: quanto mais passageiros estivessem solicitando motoristas ao mesmo tempo e em uma mesma região, maior seria o valor cobrado por aquela viagem, onde variação de preço seria calculada através de um multiplicador que, geralmente, multiplicava os valores originais das viagens em até 3.5 vezes.

Como consequência os passageiros se recusavam a pagar o valor e, embora não soubessem de fato quanto estava sendo cobrado a mais em relação ao original, cancelavam a solicitação e esperavam os preços normalizarem. Dessa forma, os lucros da empresa diminuíam pontualmente e muitos motoristas se sentiam enganados ou prejudicados por estarem dentro de uma região com preços elevados sem tocar nenhuma solicitação de viagem.

Como será o novo Preço Dinâmico?

Com a transição gradual do antigo sistema para o novo a Uber promete que os motoristas não deixaram de ganhar a mais nem serão prejudicados, logo, todas as dicas da aula de Preços Dinâmicos (← clique e acesse) continuam 100% válidas. Mas, afinal, o que vai acontecer a partir de agora?

Primeiro, ele não será mais calculado através de multiplicadores (1.1x, 2.0x, 3.0x e assim por diante). Ao invés disso, passará a ser aplicado fixamente e embutido no valor da viagem, entretanto você terá acesso a informação que mostra o quanto estará recebendo a mais em relação a tarifa original.

Segundo, o tempo de duração do preço dinâmico será três vezes maior para os motoristas e, com isso, pode até ser que compense vez ou outra rodar um ou dois quilômetros para ganhar um pouco mais. Por outro lado, os passageiros não serão afetados por esse tempo extra, o que deixa claro que a Uber não quer mais perder passageiros para as concorrentes só porque o seu preço estava muito maior.

Terceiro, se você estiver sozinho no carro e atravessar uma região com preço dinâmico, o valor será somado junto a tarifa do passageiro mesmo que ele não esteja em uma área com dinâmico. E, nos casos dos valores estarem maiores na região onde ele esteja solicitando, o sistema vai considerar esse valor maior para somar ao preço final da viagem.

Agora, a Uber terá controle total sobre a variação de preços

Se antes a Uber afirmava que o preço dinâmico era ativado de acordo com a demanda de passageiras e, por essa razão, eram eles quem controlavam os preços indiretamente, a partir de agora este controle será totalmente aplicado pela empresa.

Obviamente, isso não significa que os ajustes nas tarifas serão calculados por humanos, mas, aparentemente, o novo sistema terá autonomia para fazer isso por meio parâmetros pré-estabelecidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *